segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Buscar um novo emprego é a meta de muitos em 2018

Buscar um novo emprego; confira algumas dicas



Buscar um novo emprego e recolocação no mercado de trabalho. É isso que falarei no meu post hoje. Um assunto muito procurado nos dias atuais. A crise afetou empresas e muita gente também. Alguns querem entrar no mercado do trabalho, outros buscam sua recolocação nele.   

Pesando nesse assunto, eu bati um papo com *Renata Deszio Polazzo, profissional da área de recursos humanos há 12 anos no mercado.
Bora conferir algumas dicas e situações que precisam ser evitadas na hora de buscar um emprego.


R.T. - No início do ano é uma boa procurar emprego? 

R.D.P. - Régis, o que eu sempre digo para as pessoas, é que cuidar da carreira é igual cuidar da saúde. As pessoas esperam perder o emprego para começar a correr atrás. A dica é sempre manter seu cv atualizado, ir a entrevistas e não deixar de mandar currículos. Quando ficamos doentes, queremos nos curar rápido, investimos dinheiro e ficamos bravos inclusive com alguns médicos. Todo tratamento é demorado. Mesma coisa do emprego! 

Tem que manter os documentos atualizados, o CV, tem que enviar currículo, manter linkedin, conexões e etc.
Eu como RH recebo mensagens do tipo, nossa quanto tempo, você sumiu, etc. E isso realmente é uma coisa desagradável. A pessoa estava estável em um emprego e em nenhum momento te chamou para um café ou para um bate papo. O network não é realizado somente quando você precisa. Ele é feito justamente no dia a dia. 

Outra questão é uma cultura que temos: Ah o ano só começa depois do carnaval. Ah as empresas só contratam em X mês.
Isso não existe mais. Todos os meses são realizados processos seletivos. Não tem data. É aquela mesma mania de querer começar o regime de segunda feira, começar no ano novo cheia de planos e não conseguir por em prática. Essas culturas tem que acabar. 
Procurar emprego faz parte da sua rotina, nem que for uma hora por dia, ou 3 horas por semana, enfim, você tem que se organizar. 

Na primeira semana de 2018 agendei processo seletivo para Departamento pessoal e não compareceram candidatos em dois horários que eu agendei. 
Pela cultura que temos! 
Segunda e terça feira são os dias mais cheios para a busca de emprego, por que sentiu falta do dinheiro no final de semana. Na sexta feira, é o dia mais vazio, e com maior número de faltas nos processos seletivos. 

Esse ano em especial, temos 16 feriados, Copa Eleição e etc, então sinto que as pessoas estão querendo se recolocar o quanto antes. 
Muitas empresas, apesar de terem cortado muitos funcionários, no final de dezembro, sabem que esse ano será movimentado. Temos que parar de falar da crise. Muita gente que foi mandada embora em 2015/2016 acabou abrindo um próprio negócio, ou começou a atuar na área que realmente gosta! A crise veio para mexer e chacoalhar. Muita gente mudou de área, e 2018 está cheio de ótimas promessas. 

R.T. - Quais as informações necessárias que precisa ter em um currículo? 

R.D.P. - Nome, idade, endereço, contatos, emails, objetivo, formação, últimas experiências, nome das empresas, área delas, data da entrada e saída, e se possível o motivo.


R.T. - Como um candidato precisa se portar em uma entrevista? 

R.D.P. - Primeiro que o candidato deve entrar no site da empresa e saber do que se trata. 
É importante ele treinar as perguntas de seleção na casa dele em frente a um espelho, gravando áudio no whatssap, vídeo dele mesmo, treinar com uma amiga, namorado, enfim. Os candidatos veem muito despreparados, e o pior, sem sabem falar deles mesmo. 

Isso já é uma forma dele saber se portar. 
A questão da vestimenta é bem importante.
Celular, rádio, etc, não podem estar ativos nessa hora.  Tem muita coisa, muitas dicas, porém o principal é o respeito. 

R.T. - Quais os erros mais comuns cometidos nas entrevistas que o candidato não pode ter? 

R.D.P. - Chegar de roupa curta, ficar falando no celular, com fone de ouvido, vícios de linguagem, não saber falar dele, não saber quanto tempo demora para chegar na empresa, não ter estudado nada da vaga antes, de não se atentar sobre as perguntas e etc. 

R.T. - Quais as maiores dificuldades dos recrutadores na hora de contratar? 

R.D.P. - Falta dos candidatos, falta de atenção deles, falta de retorno deles. Currículos confusos, candidatos de difícil acesso e inflexibilidade. Distância.

R.T. - Quais são suas dicas para os candidatos? 

R.D.P. - Estudem antes de ir para qualquer entrevista e se atendem a explicação da selecionadora. Não adianta ficar ansioso, por que o que é seu está guardado. Saiba falar de você! 

R.T. - As empresas analisam o comportamento dos candidatos nas redes sociais antes e depois da contratação para ver se o mesmo encontra-se motivado? 

R.D.P. - Eu sempre olho antes, e depois. Nós avaliamos, principalmente quando a pessoa leva atestado médico e posta fotos na praia! A questão da motivação prefiro ver no dia a dia, porem tem funcionários tem ficam distante, ai nesse caso, realmente as redes sociais me ajudam.


Profissional da área de recursos humanos a doze anos, atuando  com foco maior em recrutamento e seleção e gestão de pessoas!
Idealizadora do projeto Mercado de Trabalho, aonde instrui pessoas no bairro da Pompeia, em São Paulo a se portar em processo seletivo, o que responder, como se vestir e etc!
Contato: 
Email.: renatadesiopolazzo@gmail.com
Skype.: Renata.Desio.Polazzo

2 comentários:

  1. Nada como ter experiência no trabalho que executa, bem úteis
    as dicas. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, me ajudou bastante.

    ResponderExcluir