segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Exposição “Brinquedos para Sempre” é atração em Caraguatatuba


A exposição “Brinquedos para Sempre” vai rolar até o dia 28 desse mês, aqui na minha bela cidade, no MACC– Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba.
Claro que eu fui conferir de perto esses brinquedos, afinal, esse é um assunto que sempre procuro colocar em debate.

Carrinhos, aviões, trenzinhos, telefone, casinhas, bicicletas, bonecas. É uma infinidade de opções para que as pessoas possam relembrar ou conhecer, no caso das crianças que hoje vivem mais no mundo tecnológico.

Tem até um palhaço com mais de 100 anos entre os brinquedos. Os brinquedos foram cedidos pelo colecionador Valdemir Garcia. Mais conhecido como o Val da Banda, uma pequena parte da sua coleção que está no museu é uma homenagem ao Mês das Crianças.

Em um texto que fiz para o site Ta no Ballaio, de Guaxupé, salientei que as crianças se tornaram mais precoces, namoram mais novas, querem tênis da moda, roupas de marca e celulares de ultima geração. É um projeto: “Boneco Ventríloquo de uma nação sem pensar, manipuladas pelos que gostam”.


Segundo a Presidente da Fundação Cultural e Educacional de Caraguatatuba, Silmara Mattiazzo, a exposição é muito importante para recordarmos e valorizarmos o “brincar”. “A exposição tem a importância de recordar e me fez viajar diretamente para minha infância através de brinquedos que eram o sonho de muitas crianças e que hoje tem mais de 50 anos”. Acrescentou, “E também mostrar as crianças de hoje o quanto éramos felizes com nossos brinquedos sem a necessidade dos aparelhos celulares”.

Realmente temos que ficar alerta com isso. As crianças precisam brincar mais. Sonhar mais, se ralar mais. A tecnologia é excelente quando é bem usada. Não pode ser a babá das crianças e muito menos torná-las reféns de um celular, computador ou vídeo game.    Algo para se pensar né? 

A exposição fica aberta de terça a sábado, das 10h às 18h, na Praça Dr Cândido Motta, 72. Mais informações pelo telefone (12) 3883-9188. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário