quarta-feira, 25 de maio de 2016

Novo ministro garante transparência no financiamento da cultura

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, concedida na tarde desta terça-feira (24),  o novo ministro da Cultura, Marcelo Calero, defendeu que o financiamento da cultura seja feito de forma eficiente, transparente e republicana. “A cultura não é de nenhum partido. O partido da cultura é a cultura. Então todo financiamento tem que ser feito de forma republicana, eficiente, transparente e tem que ser aprimorado sempre”, explicou o afirmou Calero.
Calero também garantiu agilizar o pagamento de dívidas já vencidas de R$ 236 milhões do Ministério da Cultura. “Nesse momento, é o nosso foco, porque sem o pagamento dessas dívidas o ministério não anda. Portanto, vamos agilizar o pagamento”, finalizou.

Marcelo Calero foi empossado como ministro da Cultura, nesta terça-feira (24), pelo presidente interino Michel Temer. Calero é diplomata de carreira e acumula a experiência de ter comandado a Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário