sexta-feira, 10 de maio de 2013

VIVER OU EXISTIR? EIS A QUESTÃO !


 Por: Regis Thiago

 Ao observar as pessoas no seu dia-a-dia, tenho que concordar com a frase do escritor e dramaturgo Oscar Wilde “Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria apenas existe”.
 Hoje podemos olhar ao redor do mundo e o que vemos??? Bom, vamos analisar á grosso modo, tentando ter a máxima cautela em minha representação filosófica; nossa grande cidade chamada São Paulo. As pessoas vivem ou apenas existem?
 O que significa residir em São Paulo para VOCÊ? Será que significa trabalho + dinheiro + dinheiro + dinheiro + dinheiro =  felicidade? A busca por bens materiais não faz mal a ninguém, mas até que ponto sua vida gira em prol disso? Será que precisamos fazer trabalhos extras? A família fica em  segundo plano?
 Semioticamente falando, são coisas que eu gostaria de pensar e entender. Realmente o amor ao próximo esfriou, ou melhor, congelou. As pessoas vivem estressadas, mau humoradas, frias e sem vida. Vejo pessoas levar vantagem por centavos, ou até mesmo no emprego, derrubam você para ficar no seu lugar e ainda são capazes de baterem nas suas costas e dizerem, boa sorte amigão, aqui não tem futuro.
 O transporte público esta cada vez pior mesmo com as tentativas de melhorias; e as pessoas sutilmente mais grossas e brutas. Um exemplo: se quando abrem as portas do metro, as pessoas precisam sair primeiro para que as personalidades de fora possam entrar,  certo? Então me expliquem por qual motivo elas ficam paradas na frente da porta entrando no vagão, empurrando as que estão saindo? Isso observando de forma superficial, porque em horário de pico, é melhor você sentar e esperar para que a boiada entre no trem.
  A maioria trabalha 8 horas por dia, alguns mais outros menos, vai depender do seu tipo de trabalho e das leis trabalhistas. Outros além de trabalhar, ainda estudam e cuidam da casa. Mas enfim, quanto tempo você passa em casa com sua, família, amigos, tendo lazeres prazerosos e se divertindo? Você procura correr atrás dos seus sonhos?
 Lembre-se : jamais é tarde para fazermos ou lutarmos pelo que queremos. Vivemos ou existimos nesse mundo onde o grande mandante é o capital? Dinheiro, dinheiro e dinheiro. Bom ter dinheiro né? Mas quanto tempo você gastou da sua preciosa vida para adquiri-lo? Será que fui obrigado a renunciar certos momentos para isso? Será que deixei de ir a eventos importantes de familiares e amigos? È verdade, cada escolha uma renúncia, essa  é a vida, realmente, sabias palavras Chorão.
 Dinheiro não é tudo, quando você tem dinheiro, você tem amigos, esse é o sistema, assim ele funciona. E quando você olhar para trás, vai observar e pensar quantas coisas simples e felizes eu perdi. Sabe por quê? Porque você permitiu.  
 Então viva a vida, corra pelos seus ideais e sonhos. Aprenda com os erros e acertos. Jamais esqueça a importância dos valores morais em nossas vidas, principalmente com a família, hoje muito desvalorizada por muitos na sociedade.
 Não exista apenas pensando que você vai nascer, crescer e morrer. O tempo passa rápido e muitas vezes não conseguimos voltar atrás. Então não deixe para amanhã o que se pode fazer hoje. Viva para ser feliz, não deixe que o sistema aliene sua mente para que você apenas viva trabalhando para consumir mais e mais e assim ser aceito pela sociedade. O seu interior, você como pessoa, essa sim é a mais importante para seus verdadeiros amigos e familiares. Isso realmente vai dizer quem é você com ser.
Fica a dica: “Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria apenas existe”. - Oscar Wilde



Um comentário:

  1. Realmente o Sistema não faz sentido algum, mas mesmo assim, vivemos esperando que as coisas melhorem sem demonstrar a real vontade para isso, ou seja, ir a luta contra o que estamos fadados e cada vez mais emburrecidos e brutos. Dessa forma,perdemos o que nos é mais preciso ... a sensibilidade humana um com os outros e vivências as reais alegrias de estar vivo.

    Cíntia

    ResponderExcluir