domingo, 26 de outubro de 2008

Jornais gratuitos crescem no Brasil*

Philip Meyer professor e pesquisador norte-americano diz em seu livro “Os jornais podem desaparecer?”, que os jornais estão com seus dias contados. Calcula-se que no primeiro semestre de 2043 acabarão os jornais impressos. Será verdadeiro? Sabemos que os jornais tradicionais estão em crise, mas existem outros modelos de jornais e esses não param de crescer.São os jornais diários, os gratuitos.
Na Europa já se tem um mercado de impressos alcançando seus 32%, segundo dados da World Asssociation of Newspacer. No Brasil mesmo em seu início cresce de uma forma impressionante.
Na grande São Pulo temos os jornais METRÔNEWS destinados ao público das classes B e C, onde há maior freqüência no uso do sistema metroviário onde ocorre sua distribuição, sendo considerado o jornal subterrâneo. O jornal DESTAK atinge leitores das classes A e B, seus pontos de distribuição incluem universidades, academias de ginástica, prédios de escritório, estacionamentos e corredores com grande fluxo de veículos. O jornal O METRO procura atingir leitores com uma renda mais alta, fazendo assim seu diferencial, sua distribuição são é no trânsito de São Paulo e em pontos fixos da cidade.
Podemos observar que cada um tem seu espaço, seu diferencial. Acredito nas modificações das quais os meios de comunicação impresso devem fazer para se adaptarem ao avanço tecnológico para continuarem em seu lugar, sem ter fim por completo.
Informação é uma coisa que todas as pessoas necessitam, por isso precisamos nos adaptar.


Confira abaixo as características dos principais jornais diários de distribuição gratuita de São Paulo

FUNDAÇÃO /TIRAGEM /MÉDIA DE LEITORES/ PÚBLIO-ALVO/ PONTOS DE DISTRIBUIÇÃO

METRONEWS 1974 /120 MIL/ 3 POR EXEMPLAR**/ CLASSES B e C/ 100% METRÔ

DESTAK 2006 /200 MIL /4,8 POR EXEMPLAR*** /CLASSE A e B/ 50% VOLANTE (NAS RUAS);
/30% METRÔ, 20% PONTOS FIXOS

PUBLIMETRO 2007 /150 MIL /3 POR EXEMPLAR ****/ CLASSE A /90% VOLANTE ( NAS RUAS);
10% PONTOS FIXOS



*Revista imprensa/ outubro 2007
** Segundo dados da Marplan Brasil - Ad hoc Metrô news, 2006.
*** Segundo pesquisa da Ipsos Marplan, nov/2006
**** Média estimada pela gerência de marketing do Publimetro. Devido ao pouco tempo de existência do jornal, ainda não há pesquisa finalizada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário